Postado em 19/11/2018 - Fonte: Sescon Serra Gaúcha

Cerca de 500 empreendedores da contabilidade participam do 6º EGESCON

Aconteceu nesta quarta-feira, 14 de novembro, o 6º Encontro Gaúcho das Empresas de Serviços Contábeis (EGESCON), no Centro de Eventos de Nova Petrópolis (RS). Cerca de 500 empreendedores do segmento, de diferentes municípios, participaram do evento, uma realização do SESCON RS e do SESCON SERRA GAÚCHA.

A abertura do evento ocorreu às 10h da manhã e contou com a presença de diversas autoridade. Célio Levandovski, presidente do SESCON RS, e Joacir Reolon, do SESCON SERRA GAÚCHA, fizeram suas saudações em conjunto, evidenciando ainda mais a parceria das duas entidades. “Hoje é um dia para refletirmos a nossa gestão e a gestão dos nossos clientes. Estamos muito honrados de participar deste projeto junto ao SESCON RS, a exemplo do que ocorre com o Programa da Qualidade Contábil”, destacou Reolon. Levandovski ainda comentou dos diversos cursos que os dois sindicatos estão fazendo em parceria, bem como destacou as pós-graduações que o SESCON RS vêm promovendo. “É através do estudo e do conhecimento que conseguiremos grandes mudanças e transformações em nossas empresas”, comentou. 

Também fizeram uso da palavra o presidente do CFC, Zulmir Breda, a presidente do CRC/RS, Ana Tércia Rodrigues, o Secretário de Estado da Fazenda, Luiz Antônio Bins, e o presidente da FENACON, Sérgio Approbato Machado Júnior. 

Com palestras e debates focados em gestão, o 6º EGESCON trouxe nomes de destaque no mundo dos negócios. O consultor Dado Schneider falou dos três verbos fundamentais no ambiente corporativo: vender, fazer e compartilhar. De forma descontraída e irreverente prendeu a atenção do público por mais de uma hora, comentando principalmente sobre as mudanças que aconteceram nas últimas gerações e como isso também influencia na forma de trabalhar. “O mundo está cada vez mais competitivo, os clientes menos fiéis e os concorrentes mais agressivos”, exemplificou. Para Schneider é importante atender melhor, estar bem informado, se reciclar e rejuvenescer. 

Na sequência, o Clube de Contadoras, fenômeno nas redes sociais com vídeos que abordam as rotinas, questões e soluções das empresas do segmento, promoveram um descontraído bate-papo. Lúcia Regiane e Simoni Luduvice falaram sobre os dez comportamentos empreendedores. Entre eles a busca de oportunidades, a persistência, comprometimento, busca de informações e estabelecimento de metas. Após a palestra, a diretora jurídica do SESCON/RS, Ana Paula Mocelin Queiroz, e a representante do SESCON-SERRA GAÚCHA, Andrea Reolon, realizaram um talk show juntamente com Lúcia e Simoni. 

O expert Roberto Branchi foi outra atração do 6º EGESCON. Ele falou de Fusões e Aquisições, tema que tem despertado o interesse dos empresários contábeis. Também comentou como funciona esse processo. Para o palestrante toda empresa de contabilidade deveria pensar em um processo de fusão e aquisição no curto e médio prazo. “A ampliação do portfólio de serviços mais consultivos e tecnológicos deve se espelhar nos movimentos de grandes empresas e negócios tradicionais de serviços que se renderam às startups, tais como escritórios de advocacia, de auditoria e consultoria e de serviços financeiros”, explicou. 

O Encontro ainda vai contou com a presença do renomado consultor Waldez Ludwig, especialista em aprendizagem organizacional e equipe, que destacou os quatro pilares da boa gestão: “estratégia, inovação, talento e você”. De forma irreverente segurou o público atento por 1h30. "Precisamos de pessoas criativas e talentosas nos empreendimentos. Hoje o que conta é o capital intelectual".
Além das palestras, o 6º EGESCON contou com uma feira de negócios com as principais marcas do setor no país. Ao final do dia de atividades, aconteceu um grande momento de integração, com a promoção do “Happy Hour Contábil”, com direito a show do poprock da Maurício Santos Trio, dj e foodtrucks.

LEGENDA - Na foto acima, a partir da esq., os presidentes do SESCON RS, Célio Levandovski, do CFC, Zulmir Breda, da FENACON, Sérgio Approbato Machado Júnior e do SESCON SERRA GAÚCHA, Joacir Reolon.

 

 

Comente »