Postado em 12/01/2017 - Fonte: Jornal do Comércio - RS - Por: Diogo Chamun

Empresário contábil: técnico e empreendedor

Por Diogo Chamun, presidente do Sescon-RS

Nesta quinta-feira se comemora, em todo o País, o Dia do Empresário Contábil. No Brasil são mais de 80 mil empresas do segmento, sendo mais de 9 mil no Estado. Mas, sem modéstia, esses números se tornam exponenciais quando lembramos que cada organização contábil tem muitas vezes dezenas, centenas de empresas clientes. Podemos dizer, sem medo de errar, que grande parte do PIB está sob a supervisão de uma empresa de contabilidade. A profissão contábil recebe cada vez mais reconhecimento no meio empresarial, e sua atuação ganha mais espaço na gestão das empresas. Porém, pouco se fala que a grande maioria, para não dizer a totalidade desses profissionais, está estruturada como empresa ou são empregadores, ou seja, são empresários contábeis. O reconhecimento dessa importante data foi instituído em março de 2011, por meio da Lei nº 12.387, aprovada graças à ação do deputado federal Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), que também é empresário da contabilidade e autor do projeto que deu origem à lei. Queremos enaltecer o desafio do empresário contábil. Assim como as mulheres que, muitas vezes, têm jornada dupla, trabalhando fora e gerenciando sua casa e família, o empresário contá- bil também precisa executar duas importantes funções. Primeiro como técnico nas diversas áreas de atuação (contábil, tributária, fiscal, trabalhista, previdenciária, societária etc.). Além disso, também como empreendedor, ao administrar seu próprio negócio, cuidando da gestão de pessoas, de questões financeiras, de marketing e da administração como um todo. E sofrendo a ação da política tributá- ria do País, muitas vezes impeditiva ao crescimento das empresas. Seja com a representatividade junto ao poder público, posicionamento e pressão em defesa do segmento na mídia e diversos canais de divulgação ou com cursos, palestras, convênios e outros benefícios, o Sescon-RS, entidade que representa esse segmento, trabalha incansavelmente para amenizar as dificuldades na execução dessas complicadas tarefas. Nosso papel é estar a serviço da sociedade, com empresas de contabilidade desenvolvidas, ativas e participativas. Para finalizar, quero ressaltar a importância desse empresário, que, além de toda sua atribuição técnica, ainda empreende, gera empregos e renda, deixando uma expressiva contribuição à nossa sociedade. Parabéns, colegas empresários da Contabilidade!

Presidente do Sescon-RS

 

Comente »